Moradores atingidos por enchentes em MG podem sacar FGTS; veja como

Aranãs FM

A Caixa lançou uma série de medidas de apoio aos moradores dos municípios atingidos pelas enchentes. Somente em Minas, 58 cidades estão em situação de emergência, de acordo com a Defesa Civil do Estado. A intenção é facilitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores impactados.

Confira as medidas anunciadas pela Caixa Seguridade:

• Central de atendimento (sinistros e assistência 24 horas) com equipe reforçada e

com opção específica para os moradores afetados;

• Fluxo facilitado para acionamento de sinistro, com exigência de documentação

simplificada, proporcionando celeridade no atendimento;

• Apoio técnico no atendimento aos beneficiários de seguros;

• Prioridade na análise e aprovação – procedimento de pagamento de indenizações para processos de até R$ 10 mil: prazo de dois dias úteis para alagamento, inundação e destelhamento, bastando enviar orçamento e fotos do imóvel.

A solicitação do Saque Calamidade poderá ser feita pelo beneficiário por meio do aplicativo do FGTS, sem necessidade de ir a uma agência da Caixa. O banco manterá a população informada sobre as próximas etapas para a liberação do FGTS.

Mas o pedido só poderá ser feito se a situação de emergência ou calamidade pública tiver sido reconhecida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Até o momento, a pasta reconheceu a situação em 33 cidades mineiras.

Veja como obter mais informações:

Centrais de atendimento dos seguros residenciais:

Seguros contratados até 17/03/2021 – Caixa Seguradora: 0800 702 4000 – digite o CPF e depois opção 5.

Seguros contratados a partir de 18/03/2021 – Caixa Residencial: Serviço de assistência com atendimento 24 horas: 0800 722 4926. Demais acionamentos: 0800 722 4923.

Central de atendimento dos seguros de vida:

Caixa Vida e Previdência: 0800 702 4000 – digite o CPF e depois opção 3 para seguro de vida.

 

Fonte: O Tempo

Deixe seu comentário:

Next Post

URGENTE: ACPAC faz denúncia sobre falsos colaboradores

Divulgação A Associação Capelinhense de Apoio aos Portadores de Câncer (ACPAC) informou, por meio de nota, que vem recebendo denúncias de que pessoas não credenciadas estão pedindo doações em nome da instituição. O fato teria acontecido em Comunidade do Veneno, zona rural de Itamarandiba. Ainda segundo a nota, a Associação […]