Regional de Saúde de Diamantina distribui mais de 47 mil testes rápidos para detecção da covid-19

Aranãs FM

Ricardo Maciel

 

A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Diamantina recebeu, na sexta-feira (4/2), 47.320 testes rápidos para diagnóstico da covid-19. Os testes foram encaminhados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e serão distribuídos aos 34 municípios que estão sob a jurisdição da regional.

“Iniciamos a distribuição da maior remessa de testes rápidos para diagnóstico da covid-19 já disponibilizada pela SES-MG. Ao todo, serão repassados 39.220 testes produzidos pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP) e 8.100 testes produzidos pela Bio-Manguinhos/FioCruz. Além da vacinação, a testagem também é muito importante no enfretamento da pandemia, especialmente nesse momento de elevação do número de casos. O nosso objetivo agora é orientar e apoiar os municípios a buscarem a expansão da testagem em larga escala”, salientou Cláudio Luiz Ferreira Junior, especialista em política e gestão da saúde do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da SRS Diamantina.

Sobre as estratégias que serão adotadas na macrorregião, a superintendente da SRS Diamantina, Cleya da Silva Santana Cruz, esclarece que “aumentar as testagens é extremamente importante para elevar o nível do monitoramento da situação epidemiológica no território, mas cada município tem autonomia para definir sobre questões estratégicas”.

Quantidade de testes rápidos para detecção da covid-19 disponibilizados para cada município:

Alvorada de Minas: 200; Araçuaí: 1.840; Aricanduva: 460; Berilo: 3.640; Capelinha: 3.500; Carbonita: 1.100; Chapada do Norte: 3.560; Coluna: 700; Conceição do Mato Dentro: 2.120; Congonhas do Norte: 20; Coronel Murta: 120; Couto de Magalhães de Minas: 800; Datas: 620; Diamantina: 7.040; Felício dos Santos: 900; Francisco Badaró: 2.360; Gouveia: 860; Itamarandiba: 3.640; Jenipapo de Minas: 1.480; José Gonçalves de Minas: 540; Leme do Prado: 860; Materlândia: 520; Minas Novas: 3.400; Presidente Kubitschek: 660; Rio Vermelho: 760; Sabinópolis: 1.460; Santo Antônio do Itambé: 240; São Gonçalo do Rio Preto: 600; Senador Modestino Gonçalves: 420; Serra Azul de Minas: 300; Serro: 1.380; Turmalina: 160; Veredinha: 100 e Virgem da Lapa: 960.

 

Fonte: Secretaria de Estado de Saúde

Deixe seu comentário:

Next Post

Obras na ponte sobre o Rio Jequitinhonha são iniciadas pelo Governo de Minas

Fotos usadas nessa matéria: Divulgação Corpo de Bombeiros de Diamantina   O Governo de Minas Gerais anunciou nessa segunda-feira (7) que uma equipe do Departamento de Edificações e Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) trabalha para liberação de tráfego de veículos leves na ponte sobre o Rio Jequitinhonha, na CMG-367, entre […]