Golpe: perfil de jovem em rede social é hackeado e suspeitos tem anunciado produtos

Aranãs FM
Foto: reprodução Redes Sociais

Uma jovem de 23 anos, moradora de Montes Claros, norte de Minas Gerais, teve a conta do Instagram hackeada. O suspeito ou suspeitos estão se passando pela vítima e anunciando diversos eletrodomésticos em sequência na seção story da rede social.  A vítima é Patrícia Alves, que é de Capelinha, e mais conhecida pelo seu sobrenome paterno Lima.

Segundo Patrícia, ela se deu conta de que  seu perfil havia sido hackeado quando ao tentar acessa-lo, ela foi desconectada. Logo em seguida, ela recebeu um e-mail informando que seus dados de acesso haviam sido alterados e após isso não conseguiu mais entrar em seu perfil pessoal.

No perfil de Patrícia, os suspeitos têm se passado por ela conversando com seguidores e anunciando eletrodomésticos. Um dos artifícios usados pelos criminosos é compartilhar lembranças salvas em sua conta para que as pessoas acreditem que seja ela.

Além disso, eles criaram também uma conta no WhatsApp com a foto de Patrícia, uma conta de e-mail e CPF com o nome que ela usa em sua rede social “Patrícia Lima”. Ainda segundo Patrícia, pessoas têm caído no golpe da venda de produtos e eletrodomésticos. Algumas conseguem seu número verdadeiro e ela alerta para o golpe.

Patrícia relata que muitas pessoas veem realizando transferências pelo Pix e mandado o comprovante para ela. Porém, os dados bancários dela não correspondem com os da conta que está sendo usada. Ela disse também que já está tomando providências: “Estamos juntando todas as informações para serem repassadas à Polícia Civil, mas o sentimento de impotência diante da situação é horrível”, lamenta ela.

Um boletim de ocorrência foi registrado no dia 21 de outubro, em Montes Claros, dia em que ela descobriu que havia sido hackeada: “Fui orientada a pedir as pessoas para denunciarem o perfil do Instagram. Também pediram para orientar as pessoas que caíram no golpe a fazer o Boletim de Ocorrência”, explicou Patrícia quem vem pedindo constantemente para que as pessoas denunciem o perfil do Instagram.

Sobre as suspeitas, Patrícia disse que tudo aponta para uma quadrilha do estado de São Paulo que vem clonando vários perfis da rede social para vender os produtos.

Patrícia foi bastante enfática ao pedir para que as pessoas a ajudem denunciando o perfil para que assim possa ser evitado que mais pessoas caiam no golpe: “Conto com o apoio de todos, denunciando a conta @patriciaalf para a página ser excluída”.

Ajude a derrubar o perfil:

 

Veja sequência de stories publicados:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Por Ana Paula Tinoco

Deixe seu comentário:

Next Post

Retorno às aulas presenciais em Minas Gerais será obrigatório somente na rede estadual de ensino

A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) determinou que a retomada obrigatória de aulas às aulas presenciais a partir de 3 de novembro será apenas para rede estadual de ensino. Com relação as redes municipal e privada, este retorno fica a cargo das prefeituras municipais. A decisão foi tomada e […]