Em visita à Capelinha, Zema falou sobre a obra na BR-367 e afirmou que MG-211 eMG-214 não estão fora do radar do governo

Aranãs FM
Gil Leonardi / Imprensa MG

Nesta quinta-feira (9), Romeu Zema, governador de Minas Gerais, esteve em Capelinha para anunciar as obras rodoviárias na BR-367 e em outros trechos na região do Vale do Jequitinhonha.

Zema foi recebido pelo prefeito de Capelinha, Tadeuzinho, e vice-prefeito, Aléquison Gomes. No pronunciamento que foi realizado no Parque de Exposições, estavam presentes também prefeitos e prefeitas da região, deputados, além de vereadores e demais autoridades.

Durante pronunciamento, o governador relembrou quando esteve no município pela primeira vez, há 15 anos e ainda não era chefe do executivo do estado.

Zema ressaltou a importância da BR-367 para o Estado de Minas Gerais e chamou de desrespeito o estado da via e comparou o estado em que ela se encontra a um “bombardeio”. O governador também falou sobre as obras que estão sendo iniciadas e que serão financiadas pelo acordo com a Vale.

Sobre a MG 211 e 214, ele disse que elas não estão fora do radar do governo do estado, mas que não iria cometer os mesmos erros do passado: “Não vamos cometer o que já foi feito no passado, poderíamos vir aqui soltar foguete, pavimentar 1km e abandonar a obra. Este governo não é um criador de um cemitério de obras, nós estamos é reduzindo esse grande cemitério de obras que Minas se tornou”.

Além do governador de Minas Gerais, o Secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, e o Secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti também estiveram em Capelinha.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por Ana Paula Tinoco/ Fotos: Reprodução Redes Sociais e Luiz Fernando

Deixe seu comentário:

Next Post

Câmara aprova texto-base do novo código eleitoral

A Câmara dos Deputados aprovou nessa quinta-feira (9) o projeto de lei complementar que estabelece o novo Código Eleitoral. O texto-base foi aprovado por 378 votos favoráveis e 80 contrários. O documento tem quase 900 artigos e reformula a legislação partidária e eleitoral. Parlamentares continuarão a análise de destaques na […]