Suspeito de matar homem em bar de Capelinha é preso de forma preventiva

Aranãs FM

A Polícia Civil de Minas Gerais, Delegacia Regional de Capelinha, divulgou, nesta quinta-feira, o cumprimento de um mandado de prisão preventiva contra um suspeito de ter executado a tiros, em 19 de fevereiro deste ano, um homem no interior de um bar, no bairro Vila Operária, em Capelinha.

Ele, que tem 30 anos, estava em Itapira, São Paulo, no momento da prisão.

O crime ocorreu no início da noite de 19/02/2022 quando o suspeito se aproximou do local dos fatos dirigindo seu carro, acompanhado de sua irmã e outro homem enquanto monitoravam a vítima no interior do bar.  

Após pararem em uma rua paralela, a mulher permaneceu próxima ao carro enquanto os dois homens seguiram armados para o bar e no interior do estabelecimento comercial atiraram simultaneamente contra a vítima que veio a óbito no local.

A equipe de Investigadores de Polícia empregou técnicas de investigação e conseguiu demonstrar que o suspeito deslocou da cidade de Itapira/SP até Ladainha/MG onde se encontrou com sua irmã que é ex-companheira da vítima. 

Portanto, no mesmo dia, os suspeitos deslocaram para a cidade de Capelinha/MG onde o crime foi consumado, sendo que, em seguida, retornaram para Ladainha/MG e o homem de 30 anos seguiu para a cidade de Itapira/SP. 

Diante disso, as informações trazidas aos autos permitiu que a Autoridade Policial representasse pela expedição de mandados de prisão preventiva que foi prontamente deferida pelo Poder Judiciário.

Nesse contexto, foi solicitado apoio da Delegacia de Polícia Civil de Itapira que envidou esforços e em ação conjunta com a Guarda Civil daquele município obteve êxito em localizar e prender preventivamente no final da tarde desta quarta-feira o suspeito que residia naquela urbe, sendo ele conduzido ao Sistema Prisional após a formalização de sua prisão, onde se encontra à disposição da Justiça.

A irmã do suspeito (36 anos) foi devidamente identificada com o apoio da Agência de Inteligência da Polícia Militar de Capelinha e se encontra foragida, existindo contra ela mandado de prisão em aberto.

 

Informações Polícia Civil

Deixe seu comentário:

Next Post

Lei que amplia prevenção de câncer em mulheres pelo SUS é sancionada

Foi sancionada, nesta semana, a Lei nº 14.335 que amplia a prevenção, a detecção e o tratamento dos cânceres de colo uterino, de mama e colorretal em mulheres. Mulheres a partir da puberdade terão direito a fazer os exames mamografia, citopatologia e colonoscopia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Antes, esses procedimentos eram […]