Governo de Minas Gerais reduz o intervalo entre doses da Pfizer para 21 dias

Aranãs FM

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais anunciou nesta sexta-feira (19) que irá reduzir para 21 dias o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer, até o momento, o intervalo do imunizante da BioNTech era de oito semanas.

A nova medida entra em vigor a partir deste sábado (20), quando será aplicada a deliberação aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instancia de gestão que reúne representantes do Estado e dos municípios.

Segundo Janaina Passos, subsecretária de Vigilância em Saúde da SES-MG, receber a segunda dose é fundamental para evitar os aumentos de casos graves e garantir proteção coletiva e explicou que o objetivo é acelerar a vacinação dos mineiros e aumentar a quantidade de pessoas com o esquema vacinal completo no estado:

“O objetivo da redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose é acelerar a vacinação dos mineiros, aumentando a quantidade de pessoas com esquema vacinal completo. Dessa forma, conseguimos reduzir os índices de transmissão da doença e as internações, principalmente os casos graves”.

Em Minas Gerais, até o momento, a cobertura vacinal de indivíduos acima de 12 anos com a primeira dose é de 89,81%. Já com a segunda dose ou dose única é de 72,07% e 1.467.896 pessoas já receberam a dose de reforço.

Terceira Dose:

A deliberação também oficializa a orientação do Ministério da Saúde (MS) sobre a aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19 para todos os indivíduos com mais de 18 anos de idade. Conforme o novo protocolo, ela deve ser administrada após cinco meses da última dose do esquema vacinal primário, com os imunizantes Pfizer, AstraZeneca e Coronavac.

No caso de pessoas com imunossupressão, a dose adicional deve ser administrada 28 dias após a última dose do esquema vacinal primário.

A vacina a ser utilizada para a dose de reforço deve ser, preferencialmente, da Pfizer ou, de maneira alternativa, da Janssen ou da AstraZeneca, independente de qual tenha sido o imunizante aplicado no esquema vacinal primário.

A ampliação da dose de reforço para a população acima de 18 anos depende do envio das vacinas por parte do governo federal.

 

 

Deixe seu comentário:

Next Post

Mega-Sena pagará hoje prêmio de R$ 38 milhões

O concurso 2430 da Mega-Sena deste sábado (20) pagará um prêmio de R$ 38 milhões ao apostador que acertar as seis dezenas. O sorteio será às 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. As apostas podem ser feitas até as 19h […]