Começa julgamento de consultoria alemã por queda da barragem de Brumadinho

Aranãs FM

Começou nesta terça-feira (28), em Munique, na Alemanha, o julgamento da consultoria alemã  TÜV SÜD, a empresa é acusada de ter falsificado o certificado da barragem de mineração de Brumadinho. Em 2019, a barragem rachou e matou 270 pessoas.

A consultoria é acusada de ter falsificado documentos que atestavam que a barragem era segura. Na ação, os advogados do município, que tem 40 mil habitantes, e 1.200 vítimas reclamam indenização por danos e prejuízos.

Durante investigação realizada no Brasil, as autoridades constaram que o certificado emitido pela empresa continha informações falsar e que a barragem não atendia às normas internacionais de segurança.

No início de 2021, a mineradora Vale, responsável pela barragem, concordou em pagar 7 bilhões de dólares (6 bilhões de euros) para remediar as consequências sociais e ambientais do rompimento da barragem, Desse montante, 1,7 bilhão de dólares foi diretamente para as pessoas afetadas.

A Justiça brasileira também abriu um processo criminal contra vários funcionários e administradores da TÜV SÜD e da Vale.

 

Por Ana Paula Tinoco com trechos que de matéria do Estado de Minas

Deixe seu comentário:

Next Post

Petrobras aumenta preço do diesel a partir de amanhã

A Petrobras anunciou que vai aumentar o preço do diesel A para as distribuidoras. A partir de amanhã (29), o preço médio de venda nas refinarias passa de R$ 2,81 para R$ 3,06 por litro, um reajuste médio de R$ 0,25 por litro. Nos postos de abastecimento, para o consumidor […]