Corte de energia por falta de pagamento volta a ser permitido a partir desta sexta

Aranãs FM 1

O corte de energia por falta de pagamento no caso dos consumidores de baixa renda voltará a ser permitido a partir desta sexta-feira (1º). Em abril, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) suspendeu o corte de luz por inadimplência para os beneficiários da tarifa social em razão da crise provocada pela pandemia do Coronavírus. De acordo com a Aneel, não há previsão de outro adiamento.

Em Minas Gerais, a Cemig informou, por meio de nota, que os clientes classificados na Tarifa Social de Energia Elétrica podem fazer o parcelamento em até 24 vezes sem juros, desde que não tenha um parcelamento ativo. A possibilidade pode ser solicitada por meio dos canais digitais da empresa na Internet (atende.cemig.com.br) e WhatsApp (31 3506-1160).

Para os clientes que já possuem parcelamento e estão classificados na Tarifa Social, há a possibilidade de pagamento em 12 vezes sem juros via cartão de crédito.

Para os clientes residenciais e comerciais de baixa tensão, existe a oportunidade de dividir em até 12 vezes suas contas em atraso, utilizando o cartão de crédito, ou via fatura de energia elétrica nos seus canais digitais, através da Internet (atende.cemig.com.br) e WhatsApp (31 3506-1160). No caso de pagamentos via cartão de crédito, o parcelamento é sem juros.

Antes de suspender o fornecimento de energia, a distribuidora deve encaminhar uma notificação ao consumidor. Segundo resolução da Aneel, essa notificação deve ser “escrita, específica e com entrega comprovada ou, alternativamente, impressa em destaque na fatura”, e o envio deve ser feito com antecedência mínima de 15 dias.

 

One thought on “Corte de energia por falta de pagamento volta a ser permitido a partir desta sexta

Deixe seu comentário:

Next Post

Diário do Pedal da Fé – Terceiro Dia

Os Bikeiros saíram de Sabinópolis na madrugada desta sexta-feira, às 4h20, e pedalaram 60Km até Dom Joaquim. Segundo Geraldo, presidente dos Bikeiros de Capelinha, o percurso começou tranquilo com muita baixada e pequenas subidas e surpreendeu os fiéis já na reta final com quatro subidas longas, que exigiu bastante dos […]